search
top

Sobrinho nas Redes Sociais

Redes Sociais com Sobrinho - Vida de Ecommerce

Roi: Precisamos contratar um profissional ou uma Agência para Cuidar das nossas redes sociais!
Gerente: Já tenho o profissional perfeito para isso!
Roi: Nossa que ótimo, ele é graduado em que? Ele se especializou onde? Quais Cursos Fez?
Gerente: Ele é o meu Sobrinho! É melhor um profissional amador, pois assim custa menos, e ensinamos da nossa forma!
Roi: Quero ver quanto realmente isso vai Custar para a Empresa?!

O analista de redes sociais que o mercado procura!

Quem é o analista de mídias sociais? Você já deve ter ouvido alguém, na sua sala de aula ou num barzinho, falar que gostaria muito de trabalhar com mídias sociais. Ou então, ouviu uma crítica, afirmando que criar estratégias e gerenciar ações em mídias sociais, qualquer um faz. Não é bem assim, tanto que em nosso Mural de Vagas, as oportunidades em mídias sociais são as mais comuns, um sinal claro de falta de mão de obra qualificada no mercado.

Antes de continuar, gostaria apenas de informar que esse artigo não é uma defesa das agências especializadas em redes sociais e de seus colaboradores. É apenas uma alerta para quem não conheça essa função, seus desafios e pré-requisitos para exercê-la. E, acima de tudo, traz dicas para quem quer se tornar um analista de mídias sociais e não apenas “qualquer um”. Eis algumas:

Capacitação para analista de mídias sociais

Mensalmente o curso Redes Sociais e Marketing nas Mídias Sociais onde os participantes são apresentados às mais importantes mídias sociais para o público brasileiro e as formas de promover campanhas de marketing digital nestas mídias. Um treinamento essencial para um bom analista de mídias sociais.

// Conteúdo: Curso de Ecommerce

Cliente aceita desculpas de loja virtual depois de ofensa pelo Facebook

Após reclamar pelo Facebook da demora na entrega de um anel comprado em julho na loja virtual Visou (site da empresa está fora do ar), a jornalista Nina Grazire foi surpreendida com o atendimento durante a troca de mensagens. No diálogo, um dos responsáveis pelo site respondeu a consumidora com diversos xingamentos e palavrões. Um deles mencionava que a consumidora “procurasse um macho”. A jornalista tirou um print da tela da conversa, que já circula em diversas redes sociais, e garantiu que procuraria uma retratação. Ela veio, mas depois de muita repercussão negativa para a marca.

Redes sociais Print feito pela consumidora Nina Gazire durante troca de mensagens, pelo Facebook, com a loja Visou (Foto: Reprodução)
Print feito pela consumidora Nina Gazire durante troca de mensagens, pelo Facebook, com a loja Visou (Foto: Reprodução)

Indignados com o caso, diversos internautas protestaram na página do Facebook da loja Visou. Inclusive, os telefones, endereços e até dados de parentescos dos donos do site já foram descobertos pelos consumidores. Por volta de 13h30 desta terça-feira (11), um funcionário chamado Guilherme Souza Castro, publicou na página da empresa um pedido de desculpas “pela atitude de causar desconfortos verbais e informação inverídica ocorrida no dia 9 do mês de setembro de 2012″. Ele ainda diz que agiu fora de sua razão e que o o reembolso da cliente foi feito no último dia 09/09, data em que a jornalista efetuou a reclamação

Nas Redes sociais Pedidos de desculpas de um funcionário da Visou (Foto: Reprodução)
Pedidos de desculpas de um funcionário da Visou (Foto: Reprodução)

Além disso, uma das proprietárias da loja, Natasha, enviou diretamente para a consumidorauma mensagem em que dizia que ela estava chateada e constrangida pelo caso. No texto, ela afirma que o ex-social media foi demitido e que contratou o jovem que deu as respostas grosseiras porque estava precisando urgentemente de alguém para cuidar da fan page.

“…eu (Natasha) e Richard estivemos um pouco distantes da loja por conta de mudanças estruturais em nosso estoque e instruímos um funcionário nosso a resposnder a Fanpage. Infelizmente, não contávamos com o despreparo, se assim podemos chamar, do rapaz.”, relata a proprietária na mensagem que conclui pedindo a cliente que reconsidere a situação e que estaria oferecendo um gift card para que a jornalista volte a comprar no site.

Jornalista aceita retratação

Até o momento, mais de 550 pessoas já compartilharam os pedidos de desculpas da loja, incluindo a própria vítima dos xingamentos. Nina publicou um texto em seu perfil no Facebook dizendo que aceita a retratação da Visou e se diz feliz pela repercussão do caso. Ela pede ainda que mais pessoas tomem atitudes semelhantes à dela para evitar que os consumidores acabem sendo lesados por atendentes mal educados.

“Acho que processar e levar ao Procon são medidas cabíveis sim, mas o mais importante aqui é que nessa sopa que são as mídias digitais e as redes sociais, que mistura esfera pública e privada, o importante é lembrar que hoje, é possível (mas nem sempre certo e garantido) que qualquer um possa ter voz, independente do mestrado pedante ou não, de ser jornalista ou não. E que basta lembrar que a cidadania, aquela lá da Ágora grega, onde todos tinham essa “voz”, pode ser gritada e propagada a maneira 2.0. No mais aceito o pedido de desculpas, embora ache que não foi suficiente já que várias outros clientes-cidadãos passaram pelo que passei”, escreveu.

Loja Visou vira meme no Facebook

Com a repercussão do caso, uma página nomeada Visou Indelicada foi feita para que internautas compartilhem suas opiniões. Veja abaixo algumas imagens:

Redes sociais Meme da página Visou Indelicada (Foto: Reprodução) (Foto: Meme da página Visou Indelicada (Foto: Reprodução))
Meme da página Visou Indelicada (Foto: Reprodução)

 

Redes sociais meme da página Visou Indelicada com a imagem do meme Gina Indelicada (Foto: Reprodução) (Foto: meme da página Visou Indelicada com a imagem do meme Gina Indelicada (Foto: Reprodução))
Meme da página Visou Indelicada com a imagem do meme Gina Indelicada (Foto: Reprodução)

Lembramos que sob qualquer tipo de desrespeito, xingamento ou conteúdo impróprio, você pode denunciar a página ao Facebook. Para isto, ao lado da opção “Curtir”, clique em “Denunciar Página”. Marque as alternativas que me melhor se adequam a sua denúncia e clique em “Continuar”.

Redes sociais Veja exemplo de como denunciar uma fan page no Facebook (Foto: Reprodução) (Foto: Veja exemplo de como denunciar uma fan page no Facebook (Foto: Reprodução))
Veja exemplo de como denunciar uma fan page no Facebook (Foto: Reprodução)

// Conteúdo: Tech Tudo

Você já viu essas Tirinhas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

top

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress